quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Vermeer

Woman in blue reading a letter - Rijksmuseum (Amsterdam)

O famosíssimo:
Girl with a pearl earring - Mauritshuis (Den Haag)

Notável movimento de fluidez do leite:
Milkymaid - Rijksmuseum (Amsterdam)

Até os dias de hoje Delft é assim:
View of Delf - Mauritshuis (Den Haag)

Um do meus favoritos:
Little Street - Rijksmuseum (Amsterdam)

Johannes Vermeer (1632-1675) é um dos meus pintores favoritos. Tenho loucura pela arte desse Holandês de Delft (pertinho de mim). As pinturas dele são famosas pelo posicionamento da perspectiva, pelas tonalidades de azul marcante, pelo retrato da vida cotidiana holandesa da época e principalmente pelo incrível jogo de luz que Vermeer conseguia passar para pinturas.
Já vi ao vivo muita coisa dele, principalmente no Rijksmuseum (Amsterdam) e Mauritshuis (Den Haag). É de tirar o fôlego. Em vida ele nunca foi reconhecido, trabalhava para um merchand, morreu endividado, ficou esquecido por mais de um século, quando foi redescoberto.
A beleza do trabalho de Vermeer é a transparência de seu amor por Delft e por retratar no tempo uma Holanda de séculos passados pura, genuína e nostálgica.

Um comentário:

Eliza Leopoldo disse...

Pra mim ele é o verdadeiro mestre do jogo entre os contrastes, claro e escuro.

Bisous.