sábado, 6 de dezembro de 2008

Ícone - Ayaan Hirsi Ali







Um ícone, um exemplo. Se eu tivesse que escolher uma mulher pra ser meu exemplo de vida, (por mais que eu tenha amor à moda e tenha muitos ícones femininos ligados à esse tema) seria ela: Ayaan Hirsi Ali. Uma mulher somaliana, de religião muçulmana que veio da região mais miserável da terra e mudou a vida completamente.
Ela viveu muita violência, muitas tristezas. Era muçulmana fanática na adolescência. Um dia, o pai dela casou ela com um muçulmano somali que morava no Canadá. Ela foi pra Dusseldorf pegar o avião pro Canadá, mas de lá, ao invés de ir encontrar o marido, fugiu pra Holanda. Ela questiona a própria religião, ela se liberta da submissão e escolhe pensar por ela mesma. Que mulher inteligente. Que mulher forte! livre! Até hoje perseguida pelos muçulmanos, Ayaan é a mulher que desafiou o islã. Ler a história dela no livro "Infiel"de sua autoria foi um dos maiores insights da minha vida. Uma história impressionante. Você sente que é hora de viver livre, de questionar e procurar sempre viver como você quiser viver. Muito bonito.

3 comentários:

Eliza Leopoldo disse...

Quem primeiro em falou de Ayaan foi minha professora de Crítica Feminista, Vera Queiroz. A hsitória dela é sem sombra de dúvidas um estandarte de como libertar-se.

Ana disse...

Vou comprar esse livro djá!

Carol disse...

Conheci Ayaan em Oprah...